Inscreva-se

Bootcamp X Curso online: Diferenças, como funciona cada e qual é melhor para sua carreira

A tecnologia avança muito rápido no mundo. Rápido mesmo! Pensa que a gente mal falava de celular há alguns anos e, hoje, já estamos com aparelhos com telas touchscreen flexíveis no mercado. O movimento é tão frenético, que acompanhar esse desenvolvimento não é tão simples como muitos pensam. Mas, claro, os profissionais que seguem a carreira de TI precisam estar minimamente ligados em todos esses novos desenvolvimentos.

Porém, como andar lado a lado com toda essa velocidade e conseguir estar por dentro das novas tecnologias que vão fazer parte do dia a dia de trabalho? É aí que entra um bom curso! E não estamos falando de um curso online qualquer, mas, sim, de um bootcamp, que vai permitir que você alcance o conhecimento necessário para, em poucos meses, estar lidando com todas essas tecnologias. No artigo de hoje, você vai saber mais sobre:

• O que é bootcamp

• Como um bootcamp de programação funciona

• As diferenças com um curso tradicional

• Qual curso escolher

Esses e outros detalhes você acompanha a partir de agora com a gente!

Alunos que estudam em bootcamp de programação gera networking enquanto estuda

O que é bootcamp?

Podemos dizer que todo bootcamp é um curso, mas nem todo curso é um bootcamp. Ficou um pouco confuso? Bom, então, imagine que um bootcamp é uma metodologia de ensino, com características e modelos próprios.

Seu grande atrativo é que este é um modelo extremamente imersivo e intenso. Ou seja, o lance é você chegar com qualquer nível de conhecimento e sair de lá um profissional completo e pronto para qualquer demanda do mercado de trabalho em pouquíssimo tempo. E por isso ele tem sido constantemente utilizado por instituições que querem desenvolver pessoas para a carreira na área de tecnologia.

Como é sempre bom um pouquinho de história: o nome bootcamp vem dos rigorosos treinamentos militares. Neles, os soldados são colocados à prova dentro de um programa intenso, em que o objetivo é deixá-los prontos para enfrentar qualquer desafio físico ou mental que o campo de batalha possa proporcionar o mais rápido possível.

Então, um bootcamp de programação é uma espécie de replicação destes treinamentos, porém, para a carreira de tecnologia!

Principais características de um bootcamp

Quando falamos deste tipo de curso, ele parece simples, mas também complexo demais, tudo ao mesmo tempo. Porém, quando a gente se afasta e olha um pouquinho mais sobre suas características, fica mais claro o que um bootcamp de programação pode te oferecer e todas suas vantagens de ensino.

Intensidade: Como já comentado neste artigo, os bootcamps possuem uma  abordagem imersiva e intensa. Ou seja, os alunos mergulham de cabeça nos materiais e conteúdos ministrados em aula para absorver o máximo possível durante seu “treinamento”.

Orientado à prática: Enquanto um curso tradicional mira em aprofundar conteúdos teóricos mais abrangentes e em diferentes áreas, o bootcamp se apoia muito na parte prática. Neste caso, o aluno, de fato, vai aplicar o conhecimento que está adquirindo em projetos de verdade e vivenciar situações do mundo real. Isso acaba gerando repertório comportamental para as demandas de uma rotina de trabalho.

Foco no trabalho: Sabe quando você diz: “nossa, onde eu vou usar a fórmula de Báskara na minha vida?” Pois é, o bootcamp elimina isso. Ele vai ensinar exatamente o que você precisa aprender para aplicar no mercado de trabalho. É quase como um ensino direcionado às vagas de emprego. Então, você vai ver que boa parte das matérias ministradas correspondem às descrições dos trabalhos.

Essas três características, juntas, conseguem criar um ambiente de estudo extremamente eficiente e engajado, já que tudo o que será visto em aula é extremamente útil para o seu ingresso na carreira de TI.

Como funciona um bootcamp?

Considerando a metodologia de ensino de um bootcamp, vale a gente entender agora como este programa funciona mesmo na prática. E é isso que vamos destrinchar agora.

Tempo de duração: Os bootcamps são projetados para serem rápidos e eficientes. Isso quer dizer que o estudo ocorre de maneira mais rápida para que você possa adquirir as habilidades necessárias para ingressar na carreira. Isso vai na contramão dos cursos tradicionais, que podem levar anos e, muitas vezes, não te desenvolvem o suficiente.

Intensidade do cronograma: Para que o tempo seja curto, a intensidade tem que ser alta. Por isso, é preciso dedicar um certo nível de energia e tempo para concluir um bootcamp em bom nível. Porém, é sempre importante destacar que uma dose de flexibilidade nunca é demais para que o curso também se ajuste a sua rotina.

Modelo de aula: A metodologia de um bootcamp permite se moldar de acordo com as preferências e necessidades dos alunos. Há cursos, por exemplo, que são presenciais, enquanto outros ocorrem de forma online, para aqueles que já possuem um emprego, por exemplo.  E, claro, há o bootcamp híbrido, que faz um pouquinho de cada.

A realidade neste contexto é que não importa muito qual tipo de bootcamp você vai escolher. O ponto é que a metodologia em si é destaque, já que além do aprendizado, cria um ambiente extremamente dinâmico e engajador para que você tenha o melhor desenvolvimento!

Diferenças Entre Bootcamp e Outros Cursos de TI Online

A gente tocou um pouquinho no assunto logo acima. Afinal, de um lado eu tenho um curso tradicional e do outro o bootcamp. E porque você deveria seguir nossas “dicas”? Qual a diferença entre um curso e um bootcamp? Pois, então, vamos ver os detalhes juntos para que você possa colocar cada um no seu quadrado.

Duração: Eu sei que já discutimos sobre isso, mas vale apontar de novo. Um curso tradicional costuma levar anos para ser concluído. E em muitos casos, há pouco ou quase nenhum foco na prática. O que é totalmente oposto ao bootcamp, em que os cursos têm duração de poucos meses e vai focar exatamente nas habilidades que você precisa desenvolver em sua carreira

Vídeo-aulas: Não tem coisa mais chata do que perceber que está consumindo um conteúdo de dois anos atrás. E, infelizmente, é isso o que muitos cursos tradicionais fazem. Isso até garante a flexibilidade de horário com os estudos, mas prejudica muito a interação e experiência prática, que é muito presente nos bootcamps.

Teoria X prática: De um lado, o bootcamp consegue equilibrar bem a teoria com a prática, fazendo com que você aplique todo seu conhecimento enquanto aprende. Já um ensino padrão vai absorver muito mais conhecimentos teóricos do que necessariamente te fazer colocar a mão na massa.

Interação: No bootcamp, os professores são, na verdade, tutores. Então, a interação com estes profissionais vai muito além do que o próprio ensino. Claro que você pode tirar dúvidas e questionar, mas também é possível trocar experiências e gerar networking. Ao contrário do modelo tradicional, que vai deixar a relação mais fria e distante.

Networking: Sei que falamos disso acima, mas vale um destaque. No bootcamp, você tem total apoio ao desenvolvimento da sua carreira, com os tutores te ajudando na elaboração do currículo, simulação de entrevistas e contato com empresas parceiras. Isso é raro em instituições que oferecem outros métodos de ensino.

Como você pode ver, há muitas diferenças entre esses dois modelos de ensino. Não é que um seja necessariamente melhor ou pior que o outro. Afinal, cada aluno vai ter sua própria demanda. Porém, quando se trata do mercado de TI, velocidade e eficiência são fundamentais, seja no trabalho ou no aprendizado.

Porque escolher um bootcamp?

Bom, se você chegou até aqui, acho que há motivos de sobra para você optar por um bootcamp, em vez de um curso tradicional. Mas pode ser que a visualização de todas as vantagens não esteja ainda muito clara. Então, dê uma olhadinha abaixo para conferir os principais tópicos que podem te guiar a uma escolha mais assertiva.

Aprendizado rápido: O bootcamp tem um ensino muito intenso, o que torna o processo de aprendizagem dinâmico e rápido. Tudo para que você se torne um profissional rapidamente.

Experiência prática: A experiência prática é um dos principais atrativos aqui. Então, você vai sair com a segurança de que não só ouviu falar, mas que realmente sabe como fazer e aplicar determinadas habilidades em sua rotina de trabalho.

Apoio dos tutores: Ter uma interação bacana com os tutores não só vai te fazer aprender mais, mas também vai criar um ambiente propício para que você possa abrir portas para sua carreira de TI.

Ambiente colaborativo: Lembra que os bootcamps são bem engajadores? Pois é! Toda essa interação e dinâmica ajuda que você e seus colegas possam se aproximar, trocar experiências e aprender juntos.

Networking: Quem procura um bootcamp, claro, quer um emprego. Por isso, ter o suporte de elaboração de currículo, simulação de entrevistas e, claro, contato com empresas parceiras coloca você como um dos primeiros da fila para conseguir um novo trabalho.

Acessível: O modelo bootcamp é bastante democrático. Afinal, há uma flexibilidade de horário e localização, que outros tipos de curso, principalmente os tradicionais, não oferecem. Ao mesmo tempo, como o prazo de estudo é menor, os valores também costumam ser mais baixos, facilitando o ingresso de diferentes pessoas na carreira de tecnologia.

Quando se trata do mercado de trabalho em TI, este, de fato, acaba sendo a melhor escolha, pois vai te garantir uma formação rápida e eficiente para que você possa enfrentar qualquer situação no mundo lá fora!

Escolha o bootcamp de programação da TripleTen

Bom, agora que te fez sentido a escolha por um bootcamp, é hora de decidir aonde você vai fazer o desenvolvimento da sua carreira. E a TripleTen Brasil é o melhor lugar para você poder fazer isso, sabia?

Sabe todos esses diferenciais que um bootcamp oferece diante dos modelos tradicionais? Pois é! A TripleTen Brasil oferece isso e muito mais! Aqui, você não só vai aprender tudo o que precisa para desafiar o mercado de trabalho, mas conta com condições únicas.

Por exemplo, muitos desses cursos exigem que você tenha um supercomputador para participar das aulas. Esquece isso! Na TripleTen Brasil, máquinas simples são o suficiente para que você possa dar os primeiros passos na carreira de TI. 

Só aí, quando você estiver com um trabalho novo e ganhando seu dinheiro, que vai valer a pena você investir em uma máquina melhor.

Mais do que isso, o bootcamp de programação da TripleTen Brasil é vasto. Isso quer dizer que há diversos cursos que você pode participar, como:

• Bootcamp de Análise de Dados

• de Ciência de Dados

• de Desenvolvimento Web

• de teste de software, também conhecido como Analista de QA.

E para dar um presente e ajudar você na matrícula, você pode usar o cupom FUTUROBR30 na hora de se matricular. Ele vai te dar 30% de desconto em qualquer bootcamp da TripleTen Brasil que você queira! Então, já sabe, né!? Vai agora mesmo para o site para começar seus estudos e deslanchar na carreira!

Qual é o melhorbootcampcaminho para você seguir?
avatar1avatar2avatar3
Insira suas informações de 
avatar1avatar2avatar3
contato, responda algumas perguntas rápidas e descubra como começar sua carreira no mundo da tecnologia em 2023.